Atari Polyvox em NTSC



Atualizado em 25 de março de 2014

Fiz uma solução quase plug and play para colocar saídas de video composto, svideo e audio em estéreo opcional (fechando o jumper fica mono, como no original) no Atari 2600. Saca-se o TIA, pluga a minha plaquinha, volta com o TIA por cima dela e está pronto. Logicamente quem tem o TIA soldado vai precisar soquetá-lo e a única outra alteração é trocar o cristal por um NTSC (que já vou incluir no pacote), se for o caso.

A placa mede apenas 6,5 cm por 3,5cm e acredito que deva ser possivel encaixar em todos os clones, mas eu mesmo só tinha a mão por aqui o Polyvox nacional (placa face simples) e um outro com placa americana e ambos encaixaram perfeitamente sem problemas.

Quem ainda nao viu, veja neste link as imagens e uma sugestão para a instalação dos conectores.

Nas fotos eu utilizei um cabo comprado no ML (não vai ser incluso no pacote) e ao contrário do que possa parecer, ele é de placas de video novas, as que tem TV OUT pelo conector HD15. Na verdade cada um poderá instalar a saída conforme desejar, até mesmo soldando cabos direto na plaquinha.

Cada placa vai sair a R$50 + envio, montada e testada e acompanhada do cristal NTSC, porém cabos não inclusos, conforme dito.

A placa das fotos é protótipo caseiro, obviamente a versão a ser entregue é industrial, azul, como todas as minhas placas.

Quem tiver interesse, me envie um e-mail no victor.trucco no gmail que incluo na lista de espera (entrega prevista em 20 dias por causa da fabricação industrial).

Encomendas SOMENTE esse semana e sem repescagem. Vou pedir só a quantidade encomendada sem placas extras, logo quem acha que tem a mínima chance de precisar, faça a encomenda para não ficar de fora.



Em 27 de Dezembro de 2009

Depois que fiz o Atari A/V Reloaded e resolvi o problema de ter uma saida A/V inclusive nos clones nacionais em PAL-M, restava um pequeno "desafio", que era fazer uma unidade em NTSC. Eu já tinha notado que no Atari com placa Polyvox a transcodificação ficava numa plaquinha a parte e que provavelmente seria bem simples para "destranscodificar". O Eduardo Luccas chegou a passar as instruções no site dele, mas por algum motivo não funcionava em duas das minhas TVs, uma Sony CRT e uma Samsung LCD. Nelas a imagem ficava perfeita, mas preto e branco. Depois de alguma análise, cheguei a resolução do problema e abaixo seguem os passos para a conversão do Polyvox em NTSC na sua forma "completa".

Etapa 1
Localize a plaquinha de transcodificação. Não tem como errar, ela fica de pé bem no centro, logo abaixo do conector do cartucho. Basta retirar os sete pontos de solda e levantar a plaquinha que ela sairá facilmente.



Etapa 2
Retire o cristal original, ao lado do chip mais a direita, abaixo da chave de Reset do Jogo, na foto a peça vermelha. Coloque no lugar um cristal NTSC (frequência de 3,579545 MHz)



Etapa 3
Aqui justamente o que faltava. Existe um capacitor que deve ser retirado. É o C14 que fica logo acima do cristal. No seu lugar você deve colocar um pedaço de fio, fazendo um jumper. Pronto! NTSC perfeito em qualquer TV.



Bom, alguns vão dizer que "Sempre fiz sem mexer em capacitor nenhum e sempre funcionou perfeito". Sim, é verdade. Algumas TVs conseguem mostrar colorido, mesmo com o capacitor no lugar. É o caso inclusive de uma TV Mitsubishi que eu tenho na minha bancada, mas ela é um caso a parte e hoje em dia dá pra dizer que é uma exceção, porque a maioria das TVs novas que vi, ficam preto e branco se deixar o capacitor.

Dúvidas ou sugestões, utilize a espaço abaixo para comentários.


Voltar - Home


Comente



COMENTÁRIOS DESABILITADOS NO MOMENTO! RETORNAM EM BREVE
É expressamente proibido a reprodução total ou parcial deste texto sem a minha devida autorização por escrito.