Substituindo a memória "alta" do TK90X/95 por uma SRAM

Em 27 de Novembro de 2009

Já a algum tempo eu "cantava a pedra" que era possivel substituir facilmente os 32kb superiores do TK por uma memória "moderna". As originais são 4 chips MB81416 ou equivalente, memórias dinâmicas, 16k x 4 bits. Em pleno feriado, com um TK pra consertar, descubro que meu estoque dessas memórias tinha acabado e seria a ocasião perfeita para escrever um pequeno tutorial para ajudar os colegas "fuçadores".

Lembrando que este mesmo tutorial pode ser aplicado num TK de 16kb de memória para expandi-lo, transformando-o numa unidade 48kb, não ficando nada a dever a um 48 original de fabrica.

Bom, não custa lembrar que é necessário que você possua um bom ferro de solda, sugador e solda de boa qualidade, além de conhecimento e prática para usá-los. A retirada de chips de uma placa requer uma certa dose de experiência e se você não tem muita habilidade, não tente fazer isso sozinho, você pode danificar sua placa!

A primeira pergunta obvia é: Como sei se eu tenho defeito num dos chips da memória superior? É bem comum o TK ligar e aceitar comandos normalmente, mesmo com este defeito. O jeito mais fácil de verificar é dando o comando
CLEAR 65535

Se der "RAMTOP inválido" o seu TK está com defeito ou é de 16kb.

Comece retirando os chips das memórias superiores, os 4 CIs (normalmente iguais) na parte de baixo ao centro, marcados como U21 a U24. REPITO: não tente retirar CIs da placa se você não tem experiência. A placa tem as trilhas muito finas e qualquer bobeira elas descolam facilmente. No meu caso foi moleza, porque essa placa já tinha sido mexida e os CIs estavam soquetados. ;)


A memória que vamos colocar é uma SRAM de 32kb x 8bits. Pode ser qualquer uma nessas especificações, como a HM62256 que é bem comum. Eu usei uma W24257 de uma sucata de 386.


Como ROMs e RAMs geralmente tem pinagens muito parecidas, então o lugar ideal para colocar a nova memória é fazer um "piggyback" na ROM original do TK, ou seja, soldar pino a pino uma memória sobre a outra, deixando de fora apenas os sinais de controle. Foto apenas ilustrativa de como poderia ser feito.


A memória que escolhi tem um pequeno "inconveniente" quando comparada com a HM62256. Ela só tem a metade da largura, o que inviabiliza fazer o piggyback "tradicional". Bom, nem tudo esta perdido. O jeito é fazer um piggyback AO CONTRÁRIO. Ou seja, por baixo da placa. Veja que eu abri os pinos da memoria, fazendo com q eles ficassem da largura de um chip comum.

   

Vamos fazer o piggyback agora. Se você está usando uma RAM "larga", como a HM, coloque a RAM sobre a ROM original e não esqueça de alinhar a "meia lua", o corte do CI que indica o pino 1 na mesma direção que está a ROM. NÃO SOLDE os pinos 1 (A14), 20 (/CS), 22 (/OE) e 27 (/WE). Os outros você solda normalmente pino a pino com a ROM. No meu caso, com um CI slim, soldei por baixo da placa, exatamente no espaço ocupado pela ROM. Os mesmos pinos 1, 20, 22 e 27 devem ser deixados de fora e não esqueça que o CI está ao contário, portanto a contagem dos pinos é ao contrário também. Aqui também não se pode esquecer de alinhar a meia lua do CI na mesma direção da meia lua da ROM.


Solde então o sinal /WE no pino 27 da RAM. Seguindo o esquema do TK90X, o sinal está presente no pino 1 de U25(74LS00).


Faça um "jumper" juntado os pinos 20 e 22 da memoria


Solde os pinos 20/22 da RAM no pino 8 do CI U27(74LS32) e solde o pino 1 da RAM na linha A14, no pino 4 de U25(74LS00).

   

Confira todas as ligações com um multimetro e verifique se as soldas não deram curto em pinos próximos. Teste ligando o TK na fonte e na TV. Ele deve iniciar normalmente. Se travar, reconfira tudo novamente porque tem galho ai na montagem. Iniciando normalmente, desligue e monte os conectores do teclado, porque precisamos rodar um rápido teste.

Digite
CLEAR 65535

O TK deve responder com "Executado OK". Se der "RAMTOP inválido" confira e reconfira as suas soldas.

Qualquer dúvida fico a disposição. Você pode utilizar o espaço abaixo para deixar seus comentários.


Voltar - Home


Comente



COMENTÁRIOS DESABILITADOS NO MOMENTO! RETORNAM EM BREVE
É expressamente proibido a reprodução total ou parcial deste texto sem a minha devida autorização por escrito.