O VEG 8000 Plus da JRR Videodevices

Em 19 de Fevereiro de 2010



Em setembro do ano passado o Marcelo Thielo enviou uma mensagem a uma lista de MSX que participo dizendo que tinha encontrado um equipamento que ele acreditava ser um genlock baseado no TK90X. O que parecia ser a "placa mãe" continha um Z80, uma ULA de TK e 16kb+32kb de RAM, justamente como um TK "de verdade" Na época ele me enviou algumas fotos, mas o equipamento já tinha sido um pouco depenado, restando apenas algumas poucas peças. Dentre alguns testes que ele conseguiu fazer, chegou a ver um menu de "transições", o que aumentou ainda mais a chance de ser um genlock. Como não conseguimos mais informações, o assunto esfriou.

Tres meses depois, eu estava vagando num "cemitério de eletronicos" ou no popular, lixões mesmo, acabei percebendo um equipamento familiar e quando me aproximei, vi que se tratava de um VEG8000, identico ao do Thielo. Depois de alguma negociação, levei o equipamento e mais 3 motores de passo pela bagatela de R$15.

A primeira providencia foi abrir e dar uma olhada geral no equipamento. Não queria correr o risco de ligar com algum problema óbvio e torrar peças desnecessariamente.


Pode se ver claramente na placa principal a ULA, o Z80, as memórias (uma combinação de 16Kb de DRAMs e uma SRAM de 32kb) e a ROM. Diferente do TK, esta ROM tem 32kb. Baixe aqui o arquivo que li com meu gravador.


Lá no cantinho dessa placa dá pra ver uma gambiarra feia. Alias, nas várias placas do equipamento é possível ver os "ajustes" feitos ao longo do tempo.


A fonte que pelo tamanho do transformador dá pra notar que ela é bem mais "pesada" que uma original da Microdigital.


Numa plaquinha separada ao centro tem um Motorola MC1496.


Na parte de controle e (supostamente) a saída de vídeo, temos a dupla LM1886 + LM1889.


Tem uma quantidade incrivel de etiquetas com datas e nomes. Provavelmente cada um da linha de montagem montava, testava e etiquetava a sua parte.


Tem até um suporte para pilhas. O que será que elas seguram na memória?


Muita coisa montada "voando".


O case externo pelo menos é bem profissional em formato de rack e com pintura eletrostática.


Bom, agora o teste...


É, não funcionou... Ou então eu não sei o que tem que fazer para funcionar. Resetei diversas vezes, mexi em todos os botões, testei as diversas entradas e saidas e tudo o que aparece é essa tela com faixas coloridas. Bom, na pior das hipóteses eu tenho uma excelente fonte de peças para conserto de um TK, inclusive a ULA que está funcionando perfeitamente. ;)

Depois que divulguei as primeiras fotos na lista do TK, o colega Claudio Raso reconheceu o equipamento e disse tratar-se de um gerador de caracteres sobre video que eram usados antigamente por algumas emissoras de TV. Obrigado Claudio por resolver esse mistério.

Qualquer dúvida fico a disposição. Você pode utilizar o espaço abaixo para deixar seus comentários.


Voltar - Home


Comente



COMENTÁRIOS DESABILITADOS NO MOMENTO! RETORNAM EM BREVE
É expressamente proibido a reprodução total ou parcial deste texto sem a minha devida autorização por escrito.